~ suspiro

Processed with VSCO with hb2 preset

Eu levava-te num barco para longe

onde não tivesse de prometer

que o destino já estava desenhado

e eramos o último suspiro antes de morrer.

Eu pintava um novo céu estrelado

para te abraçar mais uma vez

porque o velho poeta morre calado

e eu tinha, ainda, tanto para escrever.

Eu acolhia-te numa noite de frio

e dava-te a mão mesmo sem saber

que o teu pensamento não estava nisso,

que o teu coração batia a sofrer.

Eu apagava o dia em que nos vimos

para não ter de ver o amor desvanecer,

para não nos despedirmos com flores nas mãos,

sermos só mais um suspiro antes de morrer.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

Site no WordPress.com.

EM CIMA ↑

Create your website at WordPress.com
Iniciar
%d bloggers like this: